Além de você, há:

Arquivos

Do Casamento Homossexual aos kits Gay!

Um dos assuntos que mais tem gerado discussão no Brasil ultimamente envolve os direitos dos homossexuais, que recentemente tiveram o direito aos efeitos do casamento pelo STF e voltaram à discussão a respeito dos kits que seriam distribuídos pelo governo nas escolas públicas com o intuito de educar as crianças contra a homofobia.

Não pretendo aqui traçar uma discussão de cunho puramente jurídico, mesmo porque creio que uma análise que se faça exclusivamente sob este viés, em especial da CF/88, torna a decisão tomada pelo STF de todo acertada.

Também não quero pautar a questão sob a ótica do movimento GLS ou dos “Bolsonaros” da vida, posto que estes já estejam devidamente representados nas enormes discussões geradas a partir dos fatos discutidos.

Não sou gay, tampouco homofóbico, o que acaba por me gerar certa estranheza que esta discussão se dê com tamanho acaloramento em pleno século XXI, como se fosse fruto de uma nova tendência nunca dantes conhecida na humanidade. Desde a época do Egito antigo há relatos de homossexualismo, sem contar que algumas civilizações do mundo não apenas aceitavam como enalteciam as práticas homossexuais.

Reforço, não defendo vantagem ou desvantagem no homossexualismo, mas tão somente que ele seja encarado, sobretudo no aspecto jurídico (visto que social isso ainda demorará um pouco), com normalidade, gerando para os partícipes da relação homoafetiva os exatos mesmos direitos que teriam se fosse esta formada por heterossexuais.

Ninguém é obrigado a gostar de homossexuais, mas ninguém pode também se achar no direito de, por haver feito a opção sexual que mais se adéqua aos padrões sociais, desrespeitar ou violentar aquele que fez uma opção outra.

Eu não consigo entender como pode um homem não se interessar por uma mulher, mas eu não tenho que entender nada, cada qual que faça o que lhe faz feliz, mesmo porque se o simples fato de optar por não se envolver com o sexo oposto fosse motivo para gerar escárnio, assim também mereceriam ser tratados os celibatários.

Discordo frontalmente daqueles que entendem que os avanços alcançados pelos homossexuais é uma apologia à homossexualidade, pois sinceramente não acredito que um heterossexual irá virar gay pelo simples fato de que agora o casamento entre pessoas do mesmo sexo é aceito.

O referido permissivo servirá, no máximo, como estímulo para que homossexuais deixem de viver na clandestinidade e se assumam, vivendo de maneira mais digna, tal qual lhes oferta o preceito constitucional e, sobretudo, deixem de andar à margem da norma.

Em verdade, a discussão só existe até os dias de hoje, porque é sempre tangenciada para o lado religioso, na maioria das vezes pouco lógico e razoável.

O Brasil é um país laico, ao menos devia ser, mas os feriados santos permeiam o calendário nacional, as bancadas evangélicas e católicas possuem grande assento no Congresso Nacional e até a última eleição foi influenciada pela religião.

O problema é que as religiões não tratam a questão de maneira clara, pois instigam em seus seguidores o respeito às diferenças, a caridade, a solidariedade etc., ao mesmo passo que atacam ferozmente os homossexuais exclusivamente por sua opção sexual.

Também não defendo que as pessoas abandonem a religião, cada um que tenha suas convicções religiosas ou simplesmente não acredite em nada se preferir, o que não pode é o Estado, através de qualquer de seus entes, deixar-se levar por esta distorcida visão.

Inegável que a forma obscura como a questão é tratada acaba por dar azo aos ataques homofóbicos que se multiplicam no país. O judiciário fez a parte dele, já o executivo recuou frente à irracional pressão religiosa contra a distribuição dos kits, pejorativamente taxados de “gays”.

12 comments to Do Casamento Homossexual aos kits Gay!

  • Concordo quando diz que cada um tem sua escolha e que havendo lei as pessoas nao se tornarão gays! Certamente nao se tornarão!
    Mas discordo da sua opniao quanto ao lado religioso. Primeiramente, sabemos que o Brasil é um país cristão, e a própria CF diz está sob a benção de Deus. Mas Deus no livro de Gálatas diz que o homossexualismo é pecado e que é contra isso. Como estariam sob a benção de Deus sendo a favor do pecado que Deus vai de contra. Se vc esta dizendo que as igrejas sao contra os homossexuais, você nao conhece o verdadeiro cristão. Deus ama as pessoas, inclusive os homossexuais, sendo assim um cristão tbm deve ama-lo e ajuda-lo a sair do pecado. O que nao é aceitável é o pecado e nao o pecador.

  • Marcelo Augusto

    O que é o pecado? Quem estabeleceu o que é o pecado?

  • Ney Bastos

    A Bíblia foi escrita e é reinterpetrada de acordo com a conveniência dos homens. De qq forma, respeito as crenças e convicções de todos, da mesma forma que as opções sexuais devem ser respeitadas.

  • Eduardo Bonates

    Sou um democrata por excelência: sou a favor da união civil gay, do aborto, do voto facultativo, do direito de fumar, de que o cidão faça o que quiser da sua vida!

    Não pode o Estado tutelar escolhas individuais!

  • Tatá

    quando se conseguir provar cientificamente… que existe um fator no seu gene.. que faça o ser humano ter tendencia homosexual.. e que nao seja a má interpretação do que uma criança assimila na sua infancia.. ai pode ter certeza.. que mudarei meu conceito…

  • Primeiramente quero deixar claro que sou católico, antes que venham me xingar pelo que vou escrever.

    A Bíblia, como já citado, foi interpretada e manipulada ao longo do tempo de acordo com a conveniência de cada religião. Livros foram nela incluídos e excluídos para satisfazer os interesses de cada uma (a Bíblia dos católicos é diferente da dos protestantes, por exemplo). Só em relação ao Novo testamento, há cerca de 60 livros que não constam da Bíblia porque a Igreja considerou que abalariam a crença dos fiéis. E vale lembrar também que em nome da religião (e por ordem da Igreja) já foram cometidas algumas das maiores barbáries da história. Cruzadas, Fogueiras da Inquisição, venda de indulgências… Tudo feito por homens “em nome de Deus”. Tudo porque “a Bíblia dizia assim”; portanto, não cabe utilizar algo que é 99% humano, escrito por homens (afinal, Deus não a escreveu e jogou “lá de cima”, nem tampouco tenho ciência de algum livro escrito pelo próprio Jesus) e interpretado por homens, para justificar discriminação de outos homens.

    Respondendo a pergunta do Prof. Marcelo: o próprio homem, se achando Deus, definiu o que é e o que deixa de ser pecado.

    Achei acertadíssima a decisão do STF, da mesma forma que achei acertada a decisão de não distribuir o tal “kit gay”, que deveria ter sido barrado pelo bom senso e não por pressões desta ou daquela religião.

    Sou heterossexual, mas acho que cada um deve ser feliz da forma que lhe convier.

    Deve haver uma mudança no foco. Com tanta coisa IMPORTANTE a ser discutida, nossos congressistas estão preocupados em impedir a felicidade de pessoas de bem…

  • Renan Alves

    Escolhas individuais devem ser tratadas individualmente pelos envolvidos. Se cada Poder cumprisse o seu papel, nem haveria essa discussão. Quanto ao “kitgay” o Ministério Público tem a obrigação constitucional de investigar o derrame do dinheiro para a sua elaboração, com também partir para cima do MEC em relação ao livro que ensina a falar “os pessoal…”

  • Nadla Fernandes

    Não tenho nada contra os homossexuais, pelo contrário, tenho vários amigos e amigas e, até mesmo, parentes homossexuais. E acreditem, são amigos “até debaixo d’água”!
    Mas não concordo e jamais aceitarei a distribuição do tal kit gay nas escolas para as nossas crianças. A educação sexual dos nossos filhos é competência de nós, pais, dentro de nosso lar, ensinando-os a respeitar as diferenças, mas jamais impondo padrões. Não vai ser o Estado que dirá aos meus filhos que conduta sexual eles devem “achar mais bonitinha”. Um Estado que agora resolveu ensinar às nossas crianças que falar errado é o certo. Ainda bem que na minha casa, na hora de ajudar no dever das crianças, a “Novíssima Gramática Brasileira” do Prof. Domingos Pascoal Cegalla me acompanha.

  • Rodrigo Dias

    NEy
    Muito oportuna as tuas palavras.
    Não consigo conceber como uma coisa tão antiga e tão comum, principalmente na atualidade, ainda gere tanto ranço nas pessoas.
    Vejo com espanto, que é muito mais fácil falar de pedofilia, e tem muitos que além de aceitarem ainda praticam-na, mas quando trata-se de duas pessoas, maiores e capazes, que apenas optaram por gostar do mesmo sexo, são rechaçadas, atacadas, discriminadas, sem nada terem feito de mal.

    Quanto aos que ser arvoram em Deus ou na Bíblia, pergunto-lhes: porque não agem da mesma forma com quem rouba, mata, é desonesto, quem cobiça a coisa do outro e assim por diante, quem usa o Santo nome em vão?? Qual é a diferença??

    Falta educação e respeito, principalmente ao próximo, e humanidade. Mas essa história não termina por aqui, ela só tá começando, infelizmente.

  • Salviano

    Eu acredito que Deus criou o homem e deixou o manual de instrução, a “BÍBLIA SAGRADA!” A bíblia é a divina revelação da palavra de Deus e não produtos enlatados, eu costumo dizer que: “As pessoas precisam parar de comer tudo o que dão. E começar a questionar! ” Alguém escuta alguma coisa de alguém, e saem falando, sem questionar, sem saber se é verdade ou não. As pessoas precisam se perguntar! Será que a minha crença esta de acordo com a lei de Deus? Será que a religião que eu nasci sempre me falou a verdade? Quando uma pessoa morre pra onde ela vai? Ela volta? A bíblia apóia o homossexualismo? Quem não herdara o reino de Deus? O que devo saber sobre idolatria, imagens e escultura? O que devo saber sobre o único batismo? Será que tem uma seqüência para salvação? A quem eu devo me confessar, quem pode me perdoar? Religião salva alguém? Essas e outras perguntas e respostas em:
    http://www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com
    Você pode dizer, eu já sou salvo amém! Vamos atrás de quem não esta, divulgue este site, fale para outras pessoas, por que “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns têm por tardia: mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (II Pedro cap. 3 ver 8) e “Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo o homem. (I A Timóteo cap 2 ver 5 e 6)
    Seja sua bíblia, católica ou evangélica, aqui você vai tirar suas duvidas.
    http://www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com
    “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertara” (João cap 8 ver 32) Se você tiver coragem de perguntar, a bíblia terá coragem de responder!

  • serios

    Ney, voce forca uma falsa imparcialidade, no entanto se percebe o seu lado tendencioso. Nao se pode pisar na constituicao federal: HOMEM E MULHER. E pronto. E em relacao ao kit creio que vc nao tem coragem de por um crinca para assistir aquela imoralidade. Fui e nao volto mais…………

  • neide

    acredito que, pode sim a pessoa nascer com homonios visiversa, mas nao quer dizer que é obrigada a seguir a profissao ou melhor o instito sexual oposto, pois a pessoa tem que ter seu dominio proprio, e temos um DEUS que pode libertar essas pessoas basta acreditar e ter fé no nosso Deus poderoso!

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>